5 filmes baseados em livros que você (talvez) não sabia

Não é de hoje que Hollywood rouba umas ideias na literatura para criar seus longa metragem . Isso é um excelente modo de criar vínculos com fãs dos livros e também para  trazer ao publico novos títulos antes  desconhecidos . Veja a lista de alguns filmes baseados em livros :


#1 Clube da Luta (1999)
Este é um clássico da lista de filmes que temos que assistir ao longo da vida  , o que muita gente na época não sabia é que o filme foi uma adaptação do livro de mesmo nome escrito por Chuck Palahniuk. 
SINOPSE:O clube da luta é idealizado por Tyler Durden, que acredita ter encontrado uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e das regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito.





#2 O sétimo filho (2015)
Bom não estou aqui para julgar a qualidade do filme , mas para falar francamente não gostei muito do filme. Mas nem tudo está perdido , o filme foi a adaptação do primeiro livro ( O aprendiz) da franquia '' As aventuras do Caça-Feitiço'' , não liga nenhum livro mas existe a possibilidade de ser surpreendente.
SINOPSE:John Gregory  é o sétimo filho e mantém uma cidade do século XVIII longe dos maus espíritos. Há muitos anos, Gregory aprisionou uma poderosa e malévola bruxa conhecida como Mãe Malkin . Quando ela escapa, Gregory precisa treinar um sucessor. Sua última esperança é Thomas Ward , filho de um jovem fazendeiro.

#3 Historias Cruzadas (2011)
Este é uma dupla indicação porque este filme é sensacional , Historias cruzadas é sobre o inconformismo com uma sociedade enraizada em valores errados e radicais , nos transportando aos americanos sulistas e os negros buscando seu direito na sociedade. O filme foi baseado no livro de mesmo nome , que ficou em primeiro lugar na lista de best-sellers da New York Times.
SINOPSE:Ambientado no Mississipi durante os anos 1960, Histórias Cruzadas estrelado por Emma Stone (Zumbilândia) como Skeeter, uma garota da sociedade sulista que volta da universidade determinada a se tornar escritora, mas faz a vida de seus amigos – e de uma pequena cidade do Mississipi – virarem de cabeça para baixo quando resolve entrevistar as mulheres negras que passaram a vida toda cuidando de proeminentes famílias sulistas. A atriz indicada ao prêmio da Academia® Viola Davis (Comer, Rezar e Amar) estrela como Aibileen, a empregada da melhor amiga de Skeeter, que é a primeira a se abrir – para desespero de seus amigos na fechada comunidade negra. Apesar de as amizades de toda a vida de Skeeter estarem em risco, ela e Aibileen continuam seu trabalho conjunto e, logo, mais mulheres aparecem para contar suas histórias – e, no final das contas, elas têm muito a dizer. Pelo caminho, amizades inesperadas são feitas e uma nova irmandade é criada, mas não antes que todos na cidade tenham alguma coisa a dizer quando são, de forma inconsciente e inadvertida, pegos em tempos de rápidas mudanças.


#4 O Diabo veste Prada (2006)
Este é um sucesso da chick-list , eu mesmo já assisti muitas vezes e nunca me canso , mas assim como Sex and The city , o filme foi baseado no livro de mesmo nome escrito por Lauren Weisberger.
SINOPSE:Em O Diabo Veste Prada, Andrea  consegue seu primeiro emprego na mais importante revista de moda de New York, a Runway Magazine. Andrea terá o desafio de ser assistente da toda poderosa Miranda Priestly . Apesar de ser uma oportunidade pela qual um milhão de jovens mulheres em Nova York chegariam a matar para conseguir, ela vai descobrir que não será fácil sobreviver a ela.

#5 Forrest Gump (1994)
Bom e para fechar a lista nada melhor que outro clássico , se você nunca assistiu corra para ver , porque simplesmente é um dos melhores filmes do todos os tempos. E para melhor mais ainda o filme foi baseado no livro escrito por Winston Groom.
SINOPSE:Quarenta anos da história dos Estados Unidos, vistos pelos olhos de Forrest Gump , um rapaz com QI abaixo da média e boas intenções. Por obra do acaso, ele consegue participar de momentos cruciais, como a Guerra do Vietnã e Watergate, mas continua pensando no seu amor de infância, Jenny Curran.

You Might Also Like

0 comentários